O primeiro carro que chegou a Seattle em 1900 era elétrico

Em 23 de julho de 1900 um carro fez sua entrada em Seattle. Era o primeiro automóvel que fazia sua aparição na cidade e era… elétrico.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora que a pesquisa em carros elétricos está produzindo seus primeiros modelos comerciais coincidindo com o insuportável auge dos preços do petróleo e o aumento do efeito estufa produzido pelo uso massivo dos combustíveis fósseis, temos que lembrar que o carro elétrico foi o preferido no final do século XIX e princípios do XX.

Ralph S. Hopkins apareceu nas ruas de Seattle em seu novíssimo carro Woods Electric de 3 cavalos de vapor. Comprou o veículo em Chicago e conduziu até São Francisco. A aventura levou 5 meses. Em alguns dos trechos foi sobre um trem. Hopkins disse ter sido o primeiro homem em recorrer o continente em um carro à motor.

A Woods Motor Vehicle Company fabricou o carro em 1899 quando somente haviam 4.000 automóveis nos Estados Unidos e seguiu fabricando veículos elétricos até 1919.

 

 

 

 

 

 

Na verdade, o primeiro veículo elétrico data de 1838, uma locomotiva. Não foi até a aparição das baterias recarregáveis em 1880 quando começaram a ser produzidas em massa. Nos primeiros anos do século XX os carros elétricos eram maioria sobre os de vapor ou gasolina. Funcionavam razoavelmente bem, ainda que tivessem um problema: a autonomia. Não se podia conectar-se a cabos como os trólebus e não haviam estações de recarga. Em 1912 Henry Ford começou a fabricação em massa dos carros com gasolina e o uso do veículo elétrico decaiu.

Em 1899, um veículo de Camille Jenatzy realizou a proeza de bater a berreira dos 100 km/h, na verdade circulou a 105,88 km/h.

Logo veremos carros elétricos circularem de maneira regular por nossas estradas, carros cuja ideia inicial tem mais de cem anos.

Traduzido do site ALT1040.