As cinco chaves do futuro do e-commerce

Traduzido de the-emagazine.com

ecomm

Até onde vai o comércio online? Qual serão as linhas básicas que marcam seu presente e futuro imediatos? A consultora de marketing Conteam Gruppe revela as cinco mais importantes para ter em conta.

Segundo o último estudo da Escola de negócios Online Business School “O Comércio Eletrônico 2013”, as vendas por internet cresceram na Espanha 27% durante 2012. Estes dados refletem um bom momento que vive o comercio online. Porém, a concorrência também tem crescido, portanto é preciso distinguir-se e apostar as fichas mais exitosas no e-commerce. Conteam Gruppe, consultora de marketing e distribuidora exclusiva de Vee24, revela os pontos básicos do futuro do comercio online.

Continue lendo “As cinco chaves do futuro do e-commerce”

Arte em moedas

tumblr_mt2yzikrVv1siodr2o2_250 tumblr_mt2yzikrVv1siodr2o3_250

Provavelmente você já deve ter visto a moeda de “1 Raul” pelo seu facebook ou email, certo???

Moeda 1 Raul

Quando vi essa criação, já achei uma verdadeira obra de arte, até que me deparei com esse trabalho. Trata-se do designer Andre Levy que utiliza moedas de vários países do mundo para desenhar as mais diversas personalidades. Você pode acompanhar o trabalho desse “numismático” através do seu tumblr “Tales You Lose” ou também através do seu Instagram.

Continue lendo “Arte em moedas”

Por que Facebook é azul e outros segredos da psicologia da cor

Traduzido de MarketingDirecto.com

ImagemAté que ponto pode afetar as vendas a cor de um logotipo? Se levamos em consideração que a vista é o sentido humano mais desenvolvido, é lógico que exista uma longa lista de exemplos que expliquem o uso correto das cores na hora de estabelecer a cor que identifique a empresa.

É preciso considerar que cada cor nos transmite sensações totalmente distintas. Enquanto que o preto significa poder, credibilidade, fortaleza ou personalidade, o verde nos aproxima da natureza, à juventude ou à ecologia; e o azul nos lembra a credibilidade, a limpeza, a saúde ou a tecnologia.

Continue lendo “Por que Facebook é azul e outros segredos da psicologia da cor”

Como será o Mundo no ano 2000 (imaginado em 1900)

Após ler uma matéria sobre pervisões tecnológicas que não se cumpriram, um dos tópicos que me chamou a atenção foi sobre uma série de desenhos feitos no final do século 19 e início do século 20 sobre como seria o mundo (mais precisamente França, Alemanha e Rússia) no ano 2000. Após pesquisar um pouco cheguei até a página da The Public Domain Review com o artigo sobre a França no ano 2000. Se trata de uma série de desenhos inicialmente feitos para cartões de papel que foram distribuídos com cigarros e posteriormente como cartões postais, que tratavam de imaginar como seria o mundo no ano 2000. São pouco mais de 80 desenhos criados pelo francês Jean-Marc Côté (e alguns amigos) durante os anos de 1899 e 1910 para a feira World Exhibition de 1900 em Paris, famosa também pela construção da Torre Eiffel.

Abaixo alguns dos desenhos que retratam a França e que também podem ser acessados no link acima, assim como os demais desenhos sobre Alemanha e Rússia que podem ser acessados na Wikimedia Commons.

Continue lendo “Como será o Mundo no ano 2000 (imaginado em 1900)”

Nestle lança chocolates com GPS para localizar os ganhadores do seu concurso

Traduzido de ALT1040

Recordando a história de Willy Wonka, Nestlé lança uma das campanhas mais peculiares de que se tem lembrança nos últimos anos. Reino Unido recebe a promoção We Will Find You, chocolates com GPS para encontrar aos quatro sortudos de um concurso com um prêmio de 10.000 libras para cada um.

Como vemos no vídeo, a ideia consiste em ocultar um chip na embalagem de seis chocolates das marcas da companhia KitKat 4 Finger, KitKat Chunky, Aero Peppermint Medium e Yorkie Milk. O tema:

Vamos te buscar, te encontraremos e te daremos um cheque de 10.000 libras.

Como? Este chip oculto no interior se ativa quando se retira a embalagem da barra. Uma ativação com a que Nestlé contará com 24 horas para localizar ao ganhador e entregar um cheque no valor de 10.000 libras.

Uma campanha que ao parecer só funcionará no Reino Unido e que está apoiada por milhares de cartazes no país que oferecem comunicação NFC e os famosos códigos QR.

A ideia, igual que na história de Willy Wonka, é incrementar as vendas de maneira exponencial. Segundo Graham Walker da Nestlé.

Acreditamos que esta promoção especial será de interesse para os homens, aos que parece atrair este tipo de chocolate. Podemos impulsionar as vendas com ela.

Impossível não lembrar a história de Willy Wonka e a Fábrica de Chocolates, onde o empresário e dono dos famosos chocolates incluía cinco bilhetes de ouro entre tantas embalagens. O prêmio na história era a oportunidade de entrar na fábrica secreta e observar como se faziam os populares doces. Uma campanha que desencadearia uma venda extraordinária.

Quanto ao GPS de Nestlé, os dispositivos de rastreamento apenas se encontram nas quatro barras ganhadoras e se limita ao Reino Unido, por que se um indivíduo comprar um dos chocolates ganhadores e sair do território, não poderá se beneficiar do prêmio.

O primeiro carro que chegou a Seattle em 1900 era elétrico

Em 23 de julho de 1900 um carro fez sua entrada em Seattle. Era o primeiro automóvel que fazia sua aparição na cidade e era… elétrico.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Agora que a pesquisa em carros elétricos está produzindo seus primeiros modelos comerciais coincidindo com o insuportável auge dos preços do petróleo e o aumento do efeito estufa produzido pelo uso massivo dos combustíveis fósseis, temos que lembrar que o carro elétrico foi o preferido no final do século XIX e princípios do XX.

Ralph S. Hopkins apareceu nas ruas de Seattle em seu novíssimo carro Woods Electric de 3 cavalos de vapor. Comprou o veículo em Chicago e conduziu até São Francisco. A aventura levou 5 meses. Em alguns dos trechos foi sobre um trem. Hopkins disse ter sido o primeiro homem em recorrer o continente em um carro à motor.

A Woods Motor Vehicle Company fabricou o carro em 1899 quando somente haviam 4.000 automóveis nos Estados Unidos e seguiu fabricando veículos elétricos até 1919.

 

 

 

 

 

 

Na verdade, o primeiro veículo elétrico data de 1838, uma locomotiva. Não foi até a aparição das baterias recarregáveis em 1880 quando começaram a ser produzidas em massa. Nos primeiros anos do século XX os carros elétricos eram maioria sobre os de vapor ou gasolina. Funcionavam razoavelmente bem, ainda que tivessem um problema: a autonomia. Não se podia conectar-se a cabos como os trólebus e não haviam estações de recarga. Em 1912 Henry Ford começou a fabricação em massa dos carros com gasolina e o uso do veículo elétrico decaiu.

Em 1899, um veículo de Camille Jenatzy realizou a proeza de bater a berreira dos 100 km/h, na verdade circulou a 105,88 km/h.

Logo veremos carros elétricos circularem de maneira regular por nossas estradas, carros cuja ideia inicial tem mais de cem anos.

Traduzido do site ALT1040.

Geek.etc.br – A nova casa dos Geeks e Nerds de São Paulo

Como diferenciar um Geek de um Nerd? Bom, esse é um tema que tem levantado muita discussão nos últimos anos. Mas o importante é que todos os amantes de tecnologia, jogos, ficção científica, quadrinhos e afins agora tem seu espaço próprio em são paulo. A nova loja Geek.etc.br. Inaugurada no último dia 25 em um dos mais ilustres pontos turísticos de São Paulo, o Conjunto Nacional da Avenida Paulista, a loja é na verdade mais um dos espaços exclusivos da Livraria Cultura, presente no edifíco desde a década de 70 e que a partir de 2007 passou a ocupar os espaços do antigo Cine Astor, sendo então considerada a maior livraria do país. Clique aqui para conhecer um pouco mais da exuberante história do Conjunto Nacional.

A abertura da loja foi marcada por muita gente, e claro, personagens geek. Nos corredores em frente a loja era enorme a movimentação de pessoas para tirar fotos com os bonecos dos irmãos Mario e do gorila Donkey Kong.

Na vitrine da loja os indícios de que estaríamos entrando num espaço único. Bonecos de Peter Pan, Senna e Marcus Fenix de Gears of Wars. No piso térreo estão os espaços para gamers, com uma área dedicada para cada plataforma com muitos títulos a venda, além de claro, todas os consoles para nossa degustação. Diversos acessórios completam este espaço completo para os amantes das artes digitais. Ah, claro que não poderia faltar a cereja do bolo, uma estátua em tamanho real do personagem principal de um dos maiores jogos dos últimos anos, Batman de Arkham City.

Subindo as escadas temos acesso ao piso um pouco mais exclusivo da loja, reservado aos livros, quadrinhos, dvd’s e blu-ray’s, colecionáveis, tabuleiros e afins. Realmente acho que faltou espaço para tantos itens mas até que ficou bem organizado. Primeiramente a plateleira com o melhor da ficção científica em filmes e séries, com um grande destaque para as temporadas da série original de Thundercats e Caverna do Dragão (esta mesma que não teve fim!).

Logo ao lado bonecos e mais bonecos, desde Star Wars, passando por tropas do exército americano, até Avatar de James Cameron. Alguns itens de dar inveja até mesmo para quem está totalmente alienado deste mundo fantástico de contos e histórias.

Do outro lado la loja um espaço reservado a jogos de tabuleiros e RPG e alguns produtos da já conhecida loja LinuxMall, onde é possível comprar de tudo como bonecos, canecas, capas de celular e incríveis camisetas como as usadas pelo atual astro do mundo Geek, Sheldon Cooper de Big Bang Theory.

Para finalizar o último espaço, reservado para livros e revistas em quadrinhos. Definitivamente é possível encontrar de tudo sobre o mundo dos super-heróis, desde as revistas que circulam com frequência, até itens mais exclusivos, como enciclopédias dos universos DC e Marvel, roteiros de histórias entre outros.

 

 

Tudo isso envolvido por uma excelente decoração e ótima atenção que são marcas registradas da Livraria Cultura. Tenho certeza que de hoje em diante teremos um motivo a mais para fazermos almoços mais rápidos e aproveitar um pouco melhor o nosso intervalo de cada dia!

 

 

 

P.S.: Para quem ouviu falar muito nos últimos dias do Instagram, principalmente depois que o nosso “amigão” Mark Zuckerberg resolveu gastar 1 bilhão de dólares nesse programinha, as fotos postadas aqui passaram por diversos filtros que podem ser aplicados por esse excelente aplicativo. Realmente esperamos que o facebook não estrague a nossa festa, os amantes amadores da fotografia.